Hipnoterapia Clinica

O que é a Hipnose Clínica ?
O estado de hipnose é um estado caracterizado por uma intencional concentração interior e mental à qual pode estar associado um agradável e profundo relaxamento físico.

No estado de hipnose toda a atenção é dirigida para o interior, utilizando técnicas de visualização e de imagética, e recorrendo a metáforas adaptadas às experiências e memórias do indivíduo.

Quando se está sob hipnose, a parte consciente e racional da nossa mente é como que ultrapassada, deixando que o inconsciente – que influencia as nossas funções físicas e mentais – se torne mais recetivo às sugestões e à terapia.

Este estado não envolve o sono nem qualquer forma de submissão do indivíduo. Ninguém, sob o estado de hipnose, diz ou faz algo que contrarie o seu sistema de crenças e convicções. É um estado fisiológico e mental perfeitamente natural.

A Hipnose, no âmbito terapêutico, permite lidar com estados de ansiedade, ataques de pânico, stress e fobias, falta de auto-estima, de motivação e de objetivos, sendo uma excelente ferramenta na construção de convicções saudáveis, no alívio da dor e na cessação tabágica, por exemplo.

A Hipnose Clínica ou Hipnoterapia, é o uso desse estado de consciência alterado, ou transe, com uma finalidade terapêutica. Isto significa que as pessoas não são tratadas com a hipnose, mas no estado de hipnose.

Outras aplicações terapêuticas:

Relaxamento – situações de stress, ansiedade;

• Ansiedade de performance – desportiva e profissional;

• Depressão;

• Ataques de pânico;

• Assertividade – treino de assertividade;

• Medos e fobias;

• Tabagismo – deixar de fumar, controlo do hábito;

• Síndrome do Cólon Irritável;

• Gravidez e Parto- medos e controlo da dor;

• Controlo da dor generalizada;

• Problemas dermatológicos – eczema, psoríase, dermatite atópica ou outros;

• Hipertensão;

• Alívio dos sintomas de asma;

• Fortalecimento do ego – perda, luto, separação, motivação ou autoestima;

• Sonhos recorrentes, pesadelos, programação de sonhos ou sonhos lúcidos;

• Distúrbios de sono – insónias (primárias, secundárias…), enurese nocturna (perda de urina);

• Controlo de peso – perca de peso, obesidade, bulimia ou anorexia (sempre acompanhada de nutricionista em consulta de comportamento alimentar);

• Disfunções psico-sexuais – impotência, ejaculação precoce, frigidez ou outra;

• Gaguejar – ensino e prática de técnicas de relaxamento e controle específicas;

• Abuso de substâncias – álcool, drogas ou outras;

• Roncopatia – ressonar;

• Bruxismo – cerrar, ranger os dente;

• Roer as unhas

• Hiper-hidrose – sudorese exagerada generalizada ou localizada;

• Visualização criativa – sistema imunitário, metabolismo, funcionamento cardíaco ou outros;

• Defice de atenção/Hiperactividade;

• Gestão da raiva

• Outras patologias, sintomas ou situações relacionadas com o sistema nervoso ou estado psicológico.

Notas importantes:

a) A hipnose clínica/hipnoterapia não é uma técnica mágica ou esotérica que resolve estas questões de uma forma isolada.

b) A hipnose clínica/hipnoterapia fornece ao paciente um conjunto de técnicas que contribuem para que este mobilize todos os seus recursos interiores, em favor da alteração de um sintoma ou controlo de uma determinada situação.

c) Antes de recorrer à hipnose clínica/hipnoterapia deverá consultar o seu médico de forma a obter um diagnóstico ou despiste de causas fisiológicas do seu sintoma.

Necessita de esclarecimento? Deixe a sua mensagem.

Partilhe esta página:
Desenvolvido por MediaTrust
Ligue Agora
+
Liguem-me