Abdómen

abdomen2O abdómen é uma das zonas do corpo em que existe maior concentração de matéria adiposa (gordura). As cirurgias abdominais visam a eliminação da gordura localizada (lipoaspiração) ou a redução da pele da barriga após uma situação de grande aumento e posterior redução de volume, como seja nos casos de uma perda de peso significativa ou de algumas gravidezes.

A cirurgia abdominal só é equacionada nos casos em que os tratamentos estéticos não conseguem proporcionar uma solução eficaz.

As cirurgias mais comuns são:

O que é a Lipoaspiração?

A lipoaspiração é uma cirurgia para a redução do volume de gordura corporal, em áreas localizadas, conferindo ao paciente um melhor contorno corporal. A lipoaspiração não é um método de emagrecimento. É comum encontrar pacientes que procuram este tipo de cirúrgia para perder peso, contudo, é um erro pensar desta forma, até porque cada intervenção só permite retirar um máximo de 3 a 5 quilos, algo insuficiente para emagrecer uma pessoa.

Como todos os procedimentos cirúrgicos a lipoaspiração oferece os seus riscos, mas desde que realizada dentro de critérios técnicos de qualidade, todos os perigos podem ser minimizados.

O que é a Lipoescultura?

No caso da lipoescultura, parte da gordura aspirada é usada para enxertar áreas em que se precisa de um maior preenchimento (glúteo, sulcos da face, etc.).

Qual o tipo de anestesia?

Depende da área a ser operada e do volume de gordura a ser lipoaspirado. Pode ser desde a anestesia geral, local com sedação ou epidural.

Como é o pós-operatório?

Geralmente há edema e equimoses, que desaparecem ao fim de 21 dias, na maioria dos casos. Deve-se usar uma cinta elástica durante 60 dias e é indicada drenagem linfática manual e ultrasons 2 dias depois da cirurgia, com o intuito de acelerar a recuperação, reduzir o inchaço e o aparecimento de fibroses. O resultado definitivo da Lipoaspiração dá-se após 6 meses, porém chega-se a 70% aos 3 meses.

O que é a Abdominoplastia?

Com o envelhecimento, gestações, aumento de peso e emagrecimento, ocorre um abaulamento flácido do abdómen, formado por excesso de gordura e principalmente de pele. A Dermolipectomia Abdominal, conhecida também como Abdominoplastia remodela o abdómen ao retirar o excesso de tecido (pele e gordura) que se acumula abaixo do umbigo. Não é uma cirurgia para emagrecer e sim para a remodelação do abdómen. No caso de pacientes que, além de flacidez e excesso de pele, apresentam gordura localizada no abdómen, a lipoaspiração poderá ser associada para retirar a gordura, enquanto a Abdominoplastia corrige a flacidez e o excesso de pele.

Qual o tipo de Anestesia ?

Geralmente a anestesia é local com sedação, podendo ser utilizada a geral.

Como é o Pós-operatório ?

É essencial repouso na primeira semana e o uso de uma cinta compressora durante dois meses. Com o intuito de acelerar a recuperação, reduzir o inchaço e o aparecimento de fibroses, o pós-operatório deve incluir várias sessões de Drenagem Linfática Manual (DLM).

O exercício físico deve ser retomado após 45 dias, com excepção de exercícios para o abdómen que devem ser retomados apenas 3 a 4 meses após a cirúrgia. Passados 30 dias a paciente já consegue ver a diferença e, após 3 meses, o resultado está muito próximo de como será o novo contorno abdominal.

Desenvolvido por MediaTrust